Ceos club
Comportamento

13 sinais de que seu trabalho é tóxico

Um ambiente de trabalho tóxico pode impactar a vida profissional, a pessoal e até mesmo a saúde

07/10/2019 17h03Atualizado há 6 dias
Por: Cristian Ribeiro
Fonte: Forbes Brasil
Para sair de um ambiente de trabalho tóxico, é necessário reconhecer os sinais
Para sair de um ambiente de trabalho tóxico, é necessário reconhecer os sinais

Se você se sente estressado todos os dias com um chefe ou colegas de trabalho exigentes, é possível que esteja inserido em uma cultura de trabalho tóxica. Nesse tipo de ambiente, é comum levar a vida profissional para casa no fim do dia, conscientemente ou não. Isso acaba afetando sua ética de trabalho, relacionamentos pessoais e moral geral.

Portanto, saber se você está ou não em um ambiente de trabalho tóxico é o primeiro passo para mudar as circunstâncias, mesmo que isso signifique tomar a difícil decisão de partir a fim de melhorar a carreira e vida pessoal. Veja abaixo 13 sinais de que seu emprego pode não ser saudável:

 

1. Há líderes tóxicos na empresa

Uma coisa é trabalhar para um chefe tóxico, mas outra totalmente diferente é estar em uma cultura de trabalho tóxica. Ao ver líderes de toda a organização agindo de maneira negativa, considere encontrar um novo emprego. A toxicidade se espalha como um vírus se não for verificada. Isso desestabilizará a organização e, eventualmente, ela morrerá.

 

John Knotts, da Crosscutter Enterprises

2. O trabalho é como brincar de dança das cadeiras

Lembra-se do jogo? A música está tocando e todos nós estamos rindo nervosamente, porque sabemos que, assim que parar, é cada um por si. Se seu trabalho for assim, você saberá disso ao ver a culpa, as desculpas e a negação ao seu redor. Essa cultura dá energia ou consome? A menos que você prospere no jogo da culpa, é hora de partir. Muitos empregadores estão loucos para encontrar um vencedor como você.

Dominic Rubino, da BizStratPlan

3. Existe incompatibilidade entre a cultura e os valores da empresa

O reconhecimento da toxicidade no local de trabalho requer validação. Avalie a cultura em comparação aos valores da empresa e valores pessoais em uma escala de um a cinco, na qual um é ruim e cinco é bom. Se as classificações forem quatro ou menores, execute uma análise de custo-benefício e monte uma estratégia de permanência que crie valor, crescimento e oportunidade. Feito isso, inicie as comunicações e execute o plano.

Lori Harris, da Harris Whitesell Consultuling

4. O medo de ficar é maior que o medo de partir

Quando surge uma sensação de medo, você percebe que não é mais a pessoa que deseja ser. Há hesitação em compartilhar suas ideias, dar opiniões ou oferecer feedback. Você se preocupa com o impacto do seu trabalho, pensa em conversas anteriores ou até sonhar acordado sobre como é trabalhar em outro lugar. Procrastinar a saída da empresa lhe privará um tempo precioso para fazer descobertas, usar suas habilidades e aplicar seu conhecimento.

Mirella De Civita, Ph.D., PCC (Coach Profissional Certificada), MCEC (Mestre Coach Executiva Corporativa), da Papillon MDC Inc.

5. Sua energia é destinada a defender seu trabalho

Em um ambiente de trabalho saudável, a energia é aplicada as tarefas e aos relacionamentos. Você pode voltar para casa exausto no final do dia, mas também está satisfeito. Em um local tóxico, sua energia está na defesa do trabalho que pratica. No final do dia, você voltará para casa exausto e esgotado.

Brian Gorman, da TransformingLives.Coach

6. Os problemas vão além da falta de comunicação

Qual é a fonte da toxicidade? São os líderes, seu comportamento ou talvez uma falta de transparência e comunicação? Às vezes, essa carência gera desconfiança e o remédio é a clareza e a abertura para falar. Principalmente se você for um novato na empresa, é importante conversar com alguém e garantir que não esteja fazendo suposições falsas e saindo da companhia prematuramente.

Debbie Ince, da Executive Talent Finders

7. Você não se sente seguro ou positivamente conectado aos outros

As culturas no local de trabalho são poderosas, para o bem ou para o mal. Eles afetam tudo, desde nosso humor até nosso sistema imunológico. Verifique qual sentimento aparece ao entrar na empresa, especialmente até que ponto se sente seguro e conectado positivamente aos outros. Você se sente valorizado? É capaz de dar suas melhores ideias sem medo de ridicularização ou rejeição? Se a resposta for não, planeje sua fuga.
Dr. Joel M. Rothaizer, MCC (Coach Mestre Certificado), da Clear Impact Consulting Group

8. Os líderes não tomam atitudes para mudar os problemas da empresa

Infelizmente, uma cultura de trabalho tóxica pode se tornar natural em organizações com liderança fraca ou inexistente. Um funcionário deve avaliar a situação antes de tirar conclusões rápidas, mas se a liderança já existe há mais de um ano, sabe de questões específicas e não faz nada para mudar a cultura, é hora de partir ou arriscar se tornar um subproduto do ambiente.

Dr. Melissa Weathersby, da 5-Star Empowerment

9. Existem motivos racionais para sair

O primeiro passo para tomar essa determinação é estabelecer seus critérios pessoais. Avalie com base em como você se sente em relação à realidade dos fatos. Esta definição é vital no processo de tomada de decisão. E se lembre de que a realidade de cada um é diferente. Um ambiente que você considera tóxico por causa de sua hipercompetitividade, pode ser o cenário ideal para outra pessoa.

Kamyar Shah, da World Consulting Group

10. Os líderes da empresa não têm integridade

Trabalhar em um ambiente tóxico tem o potencial de afetar negativamente a saúde física e emocional de um funcionário, apesar dos melhores esforços para se proteger. Se a toxicidade pode ser rastreada até o topo da organização, provavelmente é hora de procurar outro lugar, porque não há ninguém disponível que possa modelar os comportamentos positivos fundamentais para culturas prósperas.

Patrick Veroneau, da Emery Leadership Group

11. O trabalho está afetando sua saúde mental

Se você se sente estressado por um longo período de tempo ou simplesmente esgotado, e nada proporciona alívio, pode ser um sinal para seguir em frente. Seja este sentimento causado por um chefe de microgerenciamento, um colega de trabalho provocador ou uma completa falta de cultura saudável na empresa, a vida é muito curta para passar metade do seu tempo onde você é infeliz. Vale a pena sair para proteger sua saúde mental.

Andy Bailey, da Petra Coach

12. Sua ambição é vista como uma ameaça

Narcisistas tóxicos não gostam de dividir o palco com funcionários ambiciosos e de alto desempenho. Entregar o seu melhor esforço pode ser visto como uma ameaça. Suas opções são entregar piores resultados ou encontrar outro emprego. Não cumprir seu potencial muitas vezes é desmoralizante. Pergunte a si mesmo se o impacto negativo no seu senso de autoestima vale o salário. Se a resposta for não, talvez seja hora de encontrar um novo emprego.

Ron Young, da PAIRIN

13. Existe uma forte cultura de desconfiança

Em uma cultura tóxica, é evidente a falta de confiança entre funcionários e líderes. Os primeiros são microgerenciados e tudo o que fazem é monitorado e rastreado. A comunicação em todas as direções está interrompida. Os funcionários não acreditam no que os líderes dizem, porque suas ações não correspondem às suas palavras. Tudo isso é motivo suficiente para deixar uma empresa, porque esta é apenas a ponta do iceberg. Confiança é fundamental.

Annette Franz, da CX Journey

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários