Ceos club
Carreira

Por que você não é os seus resultados

A cultura da sociedade atual é baseada em resultados que recompensam ou punem as pessoas.

24/06/2019 11h57
Por: Cristian Ribeiro
Fonte: Forbes
É necessário refletir para se libertar do cenário que estabelece o valor a partir dos resultados
É necessário refletir para se libertar do cenário que estabelece o valor a partir dos resultados

Uma frase simples, mas com um grande impacto. Quando comecei a refletir, minha cabeça começou a girar. “Mas essa é a minha identidade. Meus resultados. O que eu construí. É quem eu sou. Como isso pode ser verdade? As lágrimas começaram a escorrer dos meus olhos quando essa verdade me atingiu. Se eu não era meus resultados, o que eu era?

Como nossos resultados se tornam nossa identidade

Nós vivemos em uma cultura baseada em resultados que nos recompensam ou punem dependendo do que apresentamos. Somos recompensados com dinheiro, amor, elogios, admiração e punidos com rejeição, isolamento, julgamento e ridicularização. Na infância, a única vez que fomos ao McDonald’s foi quando os boletins chegaram e nós tiramos as notas máximas. Fast-food era uma recompensa muito especial já que meus pais cozinhavam o jantar todas as noites. Eu aprendi rapidamente que se eu quisesse receber uma recompensa, teria que apresentar resultados tangíveis, e me tornei viciada em minhas atividades, em minha crescente lista de realizações e na enorme quantidade de resultados que podia fornecer.

Desde pequena, tenho sido chamada de “bem-sucedida”, valorizando o trabalho duro acima de tudo. Para minha sorte, eu realmente amo o que faço e, de fato, amo trabalhar duro. E aí está o problema: eu posso trabalhar duro, mas isso nem sempre significa obter sucesso. Eu trabalhei duro em coisas que não fizeram dinheiro e até fui processada. Os resultados de alguns dos meus esforços foram um fracasso total.

Então no que devo me basear?

Resultados são as provas, certo? Nós emagrecemos como resultado de malhar, ganhamos dinheiro como resultado de vender mais, desfrutamos de morangos frescos como resultado de cuidar de um jardim. Obter resultados é o que nos mostra que nosso trabalho duro não é à toa, e sim o fruto tangível daquilo no que investimos. Mas não é quem somos. Os morangos podem estragar, as calorias podem ser adquiridas novamente.

Basear seu valor nos resultados que você consegue é uma parte muito pequena do que podemos oferecer ao mundo. Nós não construímos um negócio para criar resultados, mas sim para gerar um impacto, resolver um problema e fazer com que nós mesmos ou os outros possamos sentir algo especial. Se basearmos nosso valor no resultado da construção de uma nova casa e um sumidouro a engolir, isso significa que não temos valor? Não! Se os negócios fracassarem ou prosperarem, isso significa que você é uma pessoa boa ou má? Novamente, não!

Nós precisamos desvincular esses cenários para que possamos ver a verdade do nosso valor – e ele não está ligado a um resultado de um funil de vendas, de uma dieta, de uma parceria, de um investimento ou de uma palestra.

Por que devemos nos libertar

Basear nosso amor-próprio ou valor nos resultados que apresentamos é fútil e apenas cria uma atmosfera de necessidade de alcançar, fazer, oferecer e trabalhar mais. Trabalhe o quanto julgar necessário, seja e alcance tudo o que quiser – vai ser preciso muito para que eu pare de trabalhar duro, e tudo bem, desde que eu saiba que sou muito, muito maior do que os meus resultados.

Você é muito maior do que o corpo que esculpiu. Você é muito maior do que o balanço financeiro que criou. Você é muito maior do que o macarrão que precisa comer porque mal consegue pagar as contas. Você é muito maior do que a tentativa fracassada de um relacionamento. Bom ou ruim, certo ou errado – você é muito maior do que os resultados que cria.

Ao trabalhar com tantas mulheres empreendedoras, estou acostumada a ouvir a frase: “Eu quero retribuir”. E isso é lindo. Isso não vem dos seus resultados, isso vem do seu coração. Saiba que na jornada da criação do seu negócio, não importa o resultado – VOCÊ é maior.

Por: Stephanie Burns 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários