Terça, 19 de março de 2019
+55(17) 981 634 742
Gestão do Século

07/01/2019 ás 09h29

90

Cristian Sterchile

Guaíra / SP

A Lei do Sucesso
Pense o mundo dos negócios como uma competição esportiva, onde o campo de jogo é o mercado, os competidores são você e sua concorrência, que jogam buscando medalhas na forma de clientes.
A Lei do Sucesso
Não busque uma receita mágica, até porque o mercado muda sempre.

A conquista de bons clientes permitirá a você ganhar o maior dos troféus: o sucesso do seu empreendimento ao longo do tempo. 


Assim como as competições esportivas, o mundo dos negócios possui regras e leis próprias que, quando entendidas e aplicadas com competência, conduzirão o seu negócio ao sucesso. E a mais importante de todas essas leis é que o sucesso de qualquer empreendimento é proporcional à sua adequação ao mercado. 


Todo o esforço que você fizer para aprender a jogar no seu mercado é útil, pois os mercados atuais tem desafios tão grandes quanto as muitas oportunidades oferecidas. E, “Arnaldo”, a principal regra é clara: o cliente irá sempre optar pelo produto (ou serviço) que tiver o maior valor agregado, segundo os critérios dele! 


Entender essa regra fundamental poderá livrar você da perigosa armadilha de vincular o sucesso do seu empreendimento ao preço do produto. Aliás, a realidade nos mercados atuais joga por terra o mito do “preço mais baixo”: observe que a maioria dos negócios bem sucedidos oferece produtos com preços acima da média do mercado. O preço só é absoluto em casos extremos ou quando não há nenhuma possibilidade de diferenciação nas características do produto, como ocorre com as commodities (minérios, petróleo, alimentos básicos etc). 


A opção do cliente será sempre por aquele produto que, aos olhos dele, oferece o maior “valor agregado”, sendo este a percepção que o cliente tem do custo-benefício associado ao produto. A percepção do custo-benefício de um produto é o resultado da interação de diversos fatores ligados ao preço, aos prazos, às características (desempenho, beleza, conforto, usabilidade, consumo, durabilidade etc) e à marca/imagem da empresa e do produto. 


Essa percepção é sempre individualizada e mutante: se o poder aquisitivo do cliente cresce, o preço tende a ser menos importante; se ele estiver com pressa, o prazo de entrega pode ser decisivo; se ele é especializado, os fatores técnicos terão mais peso... 


Steve Jobs, por exemplo, percebeu que as pessoas estavam cansadas de produtos “quadrados”, focou no design dos equipamentos e conseguiu, com isso, tornar a Apple a maior empresa do mundo em 2011, mesmo oferecendo produtos muito mais caros do que os da concorrência. 


É esse o segredo de todo negócio bem sucedido! 


Mas, não busque uma receita mágica, até porque o mercado muda sempre. Antes, grave bem esta dica: priorize todos os fatores que afetam emocionalmente o seu cliente. Se o cliente tem pressa, não o deixe esperando! Se gosta de boas experiências, faça-o se sentir importante! Se é exigente, capriche! Se aprecia a estética, faça bem bonito! Se é sensível, trate-o bem... 


O primeiro passo do sucesso é, portanto, conhecer bem o seu público-alvo, isso é, os seus clientes atuais e os potenciais. O segundo passo é conhecer também a sua concorrência. Conhecendo esses dois elementos-chave, você terá melhores condições para explorar os pontos fortes do seu negócio e minimizar as suas debilidades. 


Lembre-se sempre: a inteligência gerencial é a chave que transforma os seus recursos e investimentos no sucesso que você deseja para o seu Empreendimento! 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
Mais lidas
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium